11/18/2010 06:18:00 da tarde

# 1 CARTA AO SEU MELHOR AMIGO 


Quando vi que a primeira carta era destinada ao melhor amigo deu-me um aperto no coração . Já toda a gente sabe que sempre que falo de ti que me correm lágrimas pelo rosto mas não são só lágrimas de tristeza são de felicidade também .
Ai Pedro , Pedro ainda me custa tanto falar de Ti , mesmo sabendo que já partis-te á algum tempo .
Recordo-me de inúmeros momentos que passei contigo , de coisas que partilhamos .. sorrisos , choros , histórias , brincadeiras , cantorias , viagens de Tudo !
É difícil falar de Ti , quer dizer difícil no sentido de custar a falar de coisas que já não as posso passar contigo . Sabes recordo-me de um episódio que passamos , estávamos no aniversário do André e tu começaste com as tuas histórias de treta e que eu odiava ouvir , como muita gente sabe eu nunca simpatizei contigo , mas como tínhamos amigos em comum tinha de " levar " contigo . Mas nesse dia algo mudou não sei como explicar mas como por quase milagre rendi-me totalmente aos teus encantos , não sei mesmo como comecei a aproximar-me de Ti e o mais estranho na altura é que até gostei . Hoje recordamos todos esse momento com bastante alegria . E bem foi a partir dai que surgiu a nossa amizade . 
Começamos a falar , demo-nos bem aliás super bem começamos a sair de vez em quando  só os dois e um laço enorme de amizade nos uniu . 
Desde aí passamos por muita coisa mesmo passo dizer que és um irmão mais velho que nunca tive és a minha base o meu ponto de abrigo . Agradeço-te do fundo do coração os raspanetes que tu me davas e que na altura não dava grande importância , também agradeço-te por nunca deixares que nada acabasse com a nossa amizade , e por me dares aquela certa importância .
Também me recordo de outro momento mas esse é horrível e custa-me imenso a recordar e a falar nele .
Estava um dia lindo e como costumávamos fazer foste-me buscar á escola depois de mais um dia de aulas , e tu e o resto do pessoal foram me buscar e eu estava longe de imaginar que iria acontecer o que aconteceu .
Fomos normalmente ao café almoçamos e nesse dia eu disse que não me apetecia ir ás aulas de tarde e então combinamos que íamos até a um  prédio abandonado que o André conhecia , todos concordamos porque ele dizia que costumava parar lá com uns amigos .
Antes de entrarmos nesse prédio deu-me um enorme aperto no coração algo me dizia que ao entrar ali alguma coisa iria correr mal e eu comentei com vocês , mas como sempre diziam que tinha a mania da perseguição e que eram ideias estúpidas da minha cabeça   e lá entramos .
Lembro-me que tinha umas escadas meias brancas todas sujas cheias de tinta onde subimos e fomos até ao último andar , e começamos para lá a brincar naturalmente mas eu ainda tinha aquele pressentimento que diziam ser estúpido e meras ideias minhas .
Tu pegaste-me na mão e adisses-te que gostavas muito de mim , que nunca me irias abandonar e que eu era a tua melhor amiga , toda a gente se começou a rir porque tu costumavas fazer essas brincadeiras e foi nesse preciso instante numa margem de 10 segundos que eu olho pa traz e que der repente ouço berros foi quando olhei e vi que tu tinhas caído cá abaixo  . Fomos todos a correr ver se tu estavas bem mas o teu coração já não batia , mesmo assim foste para o hospital mas não conseguiram  te salvar . Ironia do destino não é ? afinal eu tinha razão nesse meu pressentimento . 
E foi assim que a nossa história acabou , vamos sempre no teu dia de anos e outros a tua campa , eu nunca mais fui capaz de entrar naquele sitio , nem nunca mais fui a mesma . Só Deus sabe  a alta que tu me fazes , mas sei que mesmo não estando presente fisicamente estás ai em cima a olhar por mim e não deixas que nada de mal me aconteça . é claro que o " B " agora é o meu companheiro , quase melhor amigo porque o teu lugar é insubstituível , mas continuas a ser o Tal , o melhor amigo e Irmão . Assim termino esta carta onde falo de Ti e te recordo com todo o amor e carinho que sempre tive e vou continuar a ter por Ti , Até já Pedro (L) 

You Might Also Like

0 Leitor(es)

Quote Of The Day