- sentimentos :'z

3/09/2011 06:59:00 da tarde

Hoje quarta-feira dia nove de Mar�o de dois mil e onze abro uma p�gina do meu pequeno di�rio para falar novamente para ti meu amor ... 
Sabes ultimamente tenho pensado mais em ti , tenho visto mais as nossas fotos e aquelas cartas que tenho tuas tenho-as lido muito . � incr�vel como depois de ter passado tanto tempo ainda me custa "falar" para ti meu bem . Olha a minha querida D.Teresa ( tua mãe ) ontem veio falar comigo e com o Andr� queria pedir-nos para n�s a ajudarmos a remodelar o teu quarto , depois da tua partida nunca mais teve coragem de l� entrar �ramos sempre n�s que faz�amos isso e se a n�s nos custa far� a "pobre" da senhora.

Digo-te que me vai custar imenso tirar as tuas coisas do quarto para colocar em caixas , mas � o melhor para a tua mãe . Vou-te confessar uma coisa eu pedi-lhe para ficar com algumas coisinhas tuas espero que não te importes sabes muito bem que vou guarda-las com um enorme carinho e cuidado.
Ao arrumarmos o teu quarto reparamos numa gaveta que estava fechada �s chaves e fomos pedi-la à D.Teresa , ao abrirmos estava l� fotografias nossas , bilhetes do cinema , do comboio ( quando �amos para o Porto ) e vi uma coisa que me marcou muito os bonecos de peluche que te dei a dizer : AMO-TE e MELHOR AMIGO , nesse momento uma l�grima correu sob o meu rosto mas como estava l� o Andr� não me deixou chorar tamb�m pela tua mãe que j� sofreu o suficiente .
O Andr� escreveu na parede onde escrev�amos aquelas fases que ningu�m percebia o seguinte :� 
� �s grande meu puto estar�s para sempre dentro do nosso cora�ão . AMOOOO-TE para todo o sempre . Eterno PEDRO ! � 
Ate a tua mãe escreveu o que foi de admirar . 
Agora falando s� n�s os dois , decidi acabar com o meu sofrimento e vou desistir do R* e amava que estivesses do meu lado agora para me apoiar e dizer aquelas tuas palavras de conforto e que me punham um enorme sorriso de orelha a orelha , do teu abra�o forte e apertado . Sinto falta dos nossos momentos e são nestas alturas menos boas que a saudade aperta mais e as l�grimas são quase inevit�veis . 
Bem estou quase a chorar e para isso não acontecer despe�o-me de ti com um enorme beijinho e saudade . AMO-TE PEDRO ! <3




   

You Might Also Like

52 Leitor(es)

Quote Of The Day